Luxemburgo deixa o comando do Tianjin Quanjian

Chegou ao fim a passagem de Vanderlei Luxemburgo pelo futebol chinês. Após nova derrota do Tianjin Quanjian na sexta-feira – a quarta na segunda divisão da China -, o treinador, que já balançava no cargo durante as últimas semanas, não comanda mais a equipe dos brasileiros Jadson, Geuvânio e Luís Fabiano. A negociação agora é para definir como será o processo de saída de Luxa. Nova reunião está marcada para esta segunda-feira. a decisão foi tomada pelo presidente Shu Yuhui na manhã deste domingo (noite na China), após reunião com Luxemburgo. O substituto do brasileiro seria um chinês, já definido pela diretoria do clube.

Entretanto, as conversas entre Luxa e os dirigentes chineses continuam. O assunto é a multa rescisória. O contrato é de € 11,5 milhões (cerca de R$ 46,1 milhões) válido por um ano, renovável por mais dois. Em caso de demissão, o treinador levaria € 6,7 milhões (aproximadamente R$ 26,9 milhões), referente à multa. Afastado do cargo, o brasileiro não pedirá demissão, já que também seria obrigado a desembolsar o mesmo valor.11221350_1008264755894246_8539380660193542976_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s